Blusa Lampião e Maria Bonita [conjunto saia]

Número de registro: 68IND
Tipo de acervo:Vestuário/Têxtil
Número de registro: 68IND
Classe:Roupa Social
Denominação:Roupa
Título:Blusa Lampião e Maria Bonita [conjunto saia]
Autoria:Angel, Zuzu
Coleção:Zuzu Angel
Data de produção:Década de 1970
Local de produção:Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Histórico da Peça: Blusa que faz parte do conjunto de saia e blusa criado para a International Dateline Collection I,desfilada em Nova York em 17 de Novembro de 1970, com inspiração nas referências de Maria Bonita e Lampião. Segundo Hildegard Angel, a coleção ficava folk/alegórica com os acessórios: cartucheiras de tiras de ouro com ilhoses, moringas feitas com coco - alusão ao regionalismo brasileiro. Sem os acessórios, pode-se usá-las no dia a dia. (depoimento feito em Dezembro de 2016).
Dimensões:
Largura: 0,36
Altura: 0,47
Técnica: Costura à máquina
Material:Zíper, Colchete
Descrição da peça: Blusa acinturada de mangas curtas com fundo preto e estampa (corrida) de buquê de flores nas cores: branco, azul claro, azul escuro, vermelho claro, laranja e cinza escuro. Há dois tipos de tecido na peça: o estampado de algodão e um liso na cor preta. A frente possui recortes laterais no tecido de algodão estampado e vista dupla. O decote redondo possui uma tira fina de viés em cetim preto. Há um abotoamento na frente com 12 botões redondos, pretos, de plástico com fechamento com casa de alça de cetim. A barra da blusa possui um leve babado. As mangas são bufantes e possuem barras dobradas com o mesmo botão da frente. Doação da jornalista Inês Duque Estrada.
Eventos associados:Exposição Ocupação Zuzu. Instituto Itaú Cultural. São Paulo, 2014.
Peças complementares: Saia Lampião e Maria Bonita [conjunto blusa].
Descrição de peças complementares: Saia evasê, longa, com fundo preto e estampa (corrida) de buquê de flores nas cores: branco, azul claro, azul escuro, vermelho claro, laranja e cinza escuro. A saia possui quatro recortes, fecho nas costas com zíper de poliéster preto de 0,21 cm e um fecho de metal. A barra tem acabamento de costura em overloque e foi feita com costura reta. Costurados nas laterais internas há duas alças de algodão amarelados. A largura da barra é de 1,42 m.

Peças e documentos relacionados

Saia Lampião e Maria Bonita [conjunto com blusa]

Saia evasê, longa, com fundo preto e estampa corrida de buquê de flores nas cores: branco, azul claro, azul escuro, vermelho claro, laranja e cinza escuro. A saia possui quatro recortes, fecho nas costas com zíper de poliéster preto de 21 cm e um fecho de metal. A peça possui três etiquetas internas, a primeira laranja escrito Zuzu Angel Rio de Janeiro, a segunda está costurada à primeira, é branca com escrito Made in Brazil, e a terceira etiqueta é preta escrito em branco o número 10, que segundo pesquisa, corresponde a numeração americana para o manequim 44 no Brasil. Costurados nas laterais internas há duas alças de algodão amareladas. A barra tem acabamento de costura em overloque e foi feita com costura reta. A largura da barra 1,42 cm. Doação jornalista Inês Duque Estrada.

Zuzu em

Atualidades

Noticias

Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel

do Jornal do Brasil Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel por Octávio Costa Filha da estilista Zuzu Angel, morta no governo Geisel, em 1976, a colunista Hildegard Angel não ficou surpresa com as revelações do memorando da CIA. Segundo ela, o gabinete de Geisel encomendou o atentado contra sua mãe, na saída do túnel Dois Irmãos, em São Conrado. O caso de sua mãe está mais do que esclarecido. Não foi um acidente mal esclarecido.

Noticias

Borbulhando com a Rainha da Inglaterra

Aniversário de 92 anos da Rainha Elizabeth, celebramos 50 anos de sua visita ao Brasil e contamos a história da Capa feita por Zuzu Angel para Rainha.

Noticias

Chico Buarque ganha colcha de bordadeiras e relembra a luta da estilista mineira Zuzu Angel

Grupo Linhas do Horizonte entregou o presente ao compositor, que veio a BH apresentar a turnê Caravanas. Chico cantou um trecho de 'Angélica' para as fãs por Ângela Faria Portal Uai E

Noticias

Morre no Rio de janeiro , Jose Louzeiro, escritor de Em Carne Viva, livro que reviveu o drama da estilista Zuzu Angel.

Morre no Rio de janeiro , Jose Louzeiro, roteirista, escritor que em seu livro : Em Carne Viva, reviveu o drama da estilista Zuzu Angel e de seu filho Stuart Angel, morto pela ditadura militar, na década de 70.