Vestido estampado [verde com pregas]

Número de registro: 81IND
Tipo de acervo:Vestuário/Têxtil
Número de registro: 81IND
Classe:Roupa Social
Denominação:Roupa
Título:Vestido estampado [verde com pregas]
Autoria:Angel, Zuzu
Coleção:Zuzu Angel
Data de produção:Década de 1970
Local de produção:Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Histórico da Peça: O título atribuído por Hildegard Angel para a exposição do Instituto Itaú Cultural foi "Working Young Ladies", pois não foi dado por Zuzu Angel. De acordo com Hildegard Angel, as senhoras com idades entre 45 e 50 anos eram assim chamadas nos EUA naquela época, pois estavam conseguindo sua emancipação profissional. A peça foi doada ao acervo do Instituto Zuzu Angel, de origem desconhecida.
Dimensões:
Largura: 0,35
Altura: 1,43
Circunferência: 0,70
Técnica:Costura à mão, Costura à máquina
Material:Poliéster, Seda, Colchete
Descrição da peça: Vestido longo, com mangas compridas, pregas e estampa corrida de flores nas cores: branco, verde e azul. A peça possui três partes: do busto com recorte na cintura e outro no quadril de onde saem as pregas da saia. A gola possui pontas arredondadas e o fechamento da peça encontra-se na frente por meio de um colchete faltando uma parte e um zíper verde e bege de 0,41 cm. O forro é de poliéster branco, mais curto que o vestido e está preso na costura da cintura e no zíper. Há pences na frente e nas costas a partir da cintura e nas costas saindo dos ombros. O vestido tem um cinto solto na cintura da mesma estampa com um fecho de metal prateado. Nas laterais da cintura há um passador fino feito de linha branca. As mangas têm punhos com fechamento com dois botões pequenos de metal dourado escrito "Zuzu Angel" com casa simples. Costura da bainha da barra e do fecho de metal do cinto foram feitos à mão.
Eventos associados:Exposição Ocupação Zuzu. Instituto Itaú Cultural. São Paulo, 2014.
Peças complementares: Não se aplica.
Descrição de peças complementares: Não se aplica.

Zuzu em

Atualidades

Noticias

Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel

do Jornal do Brasil Hildegard Angel: Minha mãe foi morta por ordem de Geisel por Octávio Costa Filha da estilista Zuzu Angel, morta no governo Geisel, em 1976, a colunista Hildegard Angel não ficou surpresa com as revelações do memorando da CIA. Segundo ela, o gabinete de Geisel encomendou o atentado contra sua mãe, na saída do túnel Dois Irmãos, em São Conrado. O caso de sua mãe está mais do que esclarecido. Não foi um acidente mal esclarecido.

Noticias

Borbulhando com a Rainha da Inglaterra

Aniversário de 92 anos da Rainha Elizabeth, celebramos 50 anos de sua visita ao Brasil e contamos a história da Capa feita por Zuzu Angel para Rainha.

Noticias

Chico Buarque ganha colcha de bordadeiras e relembra a luta da estilista mineira Zuzu Angel

Grupo Linhas do Horizonte entregou o presente ao compositor, que veio a BH apresentar a turnê Caravanas. Chico cantou um trecho de 'Angélica' para as fãs por Ângela Faria Portal Uai E

Noticias

Morre no Rio de janeiro , Jose Louzeiro, escritor de Em Carne Viva, livro que reviveu o drama da estilista Zuzu Angel.

Morre no Rio de janeiro , Jose Louzeiro, roteirista, escritor que em seu livro : Em Carne Viva, reviveu o drama da estilista Zuzu Angel e de seu filho Stuart Angel, morto pela ditadura militar, na década de 70.