Atualidades

50 anos de visita da rainha Elizabeth II ao Brasil

sábado, junho 16, 2018

EM VEZ DO balcão de Buckingham, a varanda do Marimbás. Nada mal para celebrar, no Rio de Janeiro, os 92 anos da rainha Elizabeth II... FOI A ESCOLHA do cônsul-geral britânico, Simon Wood, que, com sua mulher, Philippa, recebeu para o QBP, “Queen’s Birthday Party”, em que além do aniversário da monarca era festejado o casamento dos duques de Sussex, Meghan Markle e o príncipe Harry... OS HOMENAGEADOS, vocês sabem, não vieram, mas mandaram o retrato... brincadeirinha. Havia grandes ampliações de fotos oficiais da rainha e da família real... BRINDES FEITOS, também, aos 100 anos da conquista do voto pelas sufragistas britânicas, e o fato da duquesa de Sussex, antes de ter sido acolhida pela família real, possuir um histórico de ativismo feminista, foi enaltecido com orgulho pelo cônsul em seu speech... E LAST BUT NOT LEAST, neste 2018 são lembrados os 50 anos de visita da rainha Elizabeth II com o príncipe Philip ao Brasil, a bordo do iate Britannia, fundeado na Baía da Guanabara... FOI UM GRANDE acontecimento. A população lotava as calçadas em toda a orla, para vê-la passar em carro aberto, com o chapéu florido e acenando com luvinhas brancas... OS JORNAIS brasileiros dedicaram edições inteiras à Inglaterra, sua História, a cultura, a moda, usos e costumes. Em 1968, a Inglaterra bombava no mundo, com Beatles, Mary Quant, Summerhill e o despertar do movimento punk, haja assunto!... MAS AINDA sobrava espaço para a polêmica da capa que a primeira-dama Yolanda Costa e Silva encomendou à Zuzu Angel, minha mãe, para presentear oficialmente à rainha... NÃO ERA UMA capa, mas uma joia, coberta com trama de ouro e pedras preciosas brasileiras, um trabalho com a joalheria H. Stern. Uma capa real... DEU MUITO trabalho. A própria dona Yolanda provava a capa, virava pra lá, virava pra cá, diante do espelho. E afinal a peça ficou pronta, na véspera de a rainha chegar... PORÉM, A colunista social da época, rival do Ibrahim Sued, escrevendo no mesmo O Globo, Nina Chavs, deu o “furo” e soltou a notícia antes de todo mundo... IBRAHIM, QUE jogava biriba com o ditador Costa e Silva, achava que tinha exclusividade das notícias do Palácio das Laranjeiras. Ficou furioso... E SOLTOU o veneno, no seu programa de fim de noite na TV Globo: “Bomba, bomba, bomba! Costureira busunta está espalhando que faz capa para a rainha, mas o protocolo não permite presentear Sua Majestade com peça de roupa. É mentira!”... PRONTO, IBRAHIM intrigou o lance da capa com o ditador Costa e Silva, e dona Yolanda não se posicionou... E MAMÃE E a H.Stern com aquele prejuízo! A Capa Real pronta, uma joia importante, que dona Yolanda não havia pago, e ainda fingia que não era com ela... EU ERAuma “gandulinha” na equipe da Nina Chavs, 18 anos, e “bati” tudo pra ela, que escreveu a história inteira, e botou o título “A Capa e a Contracapa” - Nina sempre foi ótima em títulos... EU JÁ ESTAVA em casa, quando alguém liga de noite, se fazendo passar por assistente da Nina, querendo detalhes da Capa. Ingênua, eu respondo: “Quem trabalha com Nina sou eu, leia amanhã no jornal”... BEM, QUEM telefonava era uma relações públicas do Globo, muito ligada a dona Yolanda, e que imediatamente conseguiu que parassem as máquinas da oficina do jornal e fosse retirado o artigo da coluna de Nina... E NUNCA OS leitores souberam a verdadeira história da Capa e da Contracapa da Rainha... MAS VOCÊS agora sabem. Cinquenta anos depois... 
Jornal do Brasil, Coluna Hildegard Angel, 16 junho 2018

Zuzu em

Atualidades

Noticias

Desfile Protesto na Abertura da Flupp em parceria com o Instituto Zuzu Angel.

Preta-Porter Moda Ativismo, reeditando Desfile Protesto de Zuzu Angel de 1971.

Noticias

Seminário Moda Ativismo

Preta Porter - Seminário de Moda Ativismo, traz a tona diversos Debates.

Noticias

Parceria do Instituto Zuzu Angel e PLUPP lançam Preta-Porter

O Instituto Zuzu Angel participa da FLUP, que vai reeditar o Desfile de Denúncia Política feito por Zuzu Angel nos EUA, em 1971. Apenas estilistas negros convidados desenvolverão a coleção que será desfilada, desta vez para denunciar o genocídio dos jovens negros das periferias pelo Estado brasileiro. Será o grande encerramento da FLUP - Festa Literária das Periferias. Um corpo de estilistas com notório saber na obra de Zuzu Angel formará a banca da curadoria das criações.

curiosidades

50 anos de visita da rainha Elizabeth II ao Brasil

Em 2018 são lembrados os 50 anos da visita da Rainha Elizabeth II ao Brasil, a primeira dama do Brasil , Yolanda Costa e Silva, encomendou a Zuzu uma capa para presentear a Rainha.